CDCM MULHERAÇÃO – 16 DIAS DE ATIVISMO

Mulheres de diferentes países reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres Center for Women’s Global Leadership – CWGL) no ano de 1991iniciaram a Campanha dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher, objetivando fomentar o debate e denunciar as diferentes formas de violência contra as mulheres no mundo.
A Campanha dos 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as mulheres acontece em 159 países, é conhecida internacionalmente, tendo inicio no dia 25 de novembro (Dia Internacional da Não violência contra as Mulheres) e término no dia 10 de dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos). No Brasil, a Campanha tem início no dia 20 de novembro (Dia Nacional da Consciência Negra), com o propósito de ressaltar a dupla discriminação sofrida pelas mulheres negras no Brasil.

20 de novembro – Dia Nacional da Consciência Negra
A data faz referência ao dia da morte de Zumbi dos Palmares em 1695, ícone da luta contra o racismo por sua trajetória de resistência à escravidão do povo negro no Brasil. É necessário ressaltar a igual importância de Dandara, esposa de Zumbi, na luta pelo fim da escravidão e pela libertação dos negros e negras no Brasil. Trazer a memória de Dandara fortalece a discussão da discriminação da mulher negra na sociedade Brasileira, atuada pela violência de gênero, racial e de classe.

 

25 de novembro – Dia Internacional da Não Violência contra as Mulheres
As três irmãs, Minerva, Pátria e Maria Tereza, mais conhecidas por “Las Mariposas” foram assassinadas por se oporem ao governo ditatorial de Rafael Leônidas Trujilo, que governou com mãos de ferros de 1930 a 1961 a República Dominicana. As irmãs foram assassinadas por buscarem liberdade política em seu país.

1 de dezembro – Dia Mundial de Combate à AIDS
Em 1 de Dezembro de 1988 em Londres aconteceu o Encontro Mundial de Ministros de Saúde de 140 países, esse dia ficou marcado com o objetivo de mobilizar os governos e a sociedade civil a uma reflexão para desconstrução do preconceito contra os portadores de HIV e fomentar ações para combater a epidemia.

Dados epidemiológicos apontam um crescimento expressivo de casos de mulheres contaminadas pelo HIV, a estatística preocupante de dados internacionais e nacionais demandou a criação do Plano de Enfrentamento da Feminização da AIDS e DST’s.

6 de dezembro  – Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres
No dia 06 de Dezembro de 1989 houve o assassinato de 14 mulheres que cursavam Engenharia da Escola Politécnica de Montreal no Canáda. Marc Lepine adentrou uma sala de aula portando uma arma de fogo e ordenou que os homens presentes na sala de aula se retirassem, permanecendo somente as 14 mulheres presentes e atirou nelas a queima roupa. Em seguida se matou, em uma carta deixada justificou seu crime alegando que não suportava ver mulheres estudando Engenharia. O massacre ocorrido inspirou a criação da Campanha do Laço Branco, mobilização de homens no enfrentamento da violência contra as mulheres.

10 de dezembro – O Dia Internacional dos Direitos Humanos
A Declaração dos Direitos Humanos foi adotada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1948 como repostas à violência da Segunda Guerra Mundial, a barbárie praticada pelo nazismo contra judeus, comunistas e ciganos e o lançamento das bombas atômicas pelos Estados Unidos sobre Hiroshima e Nagazaki, matando milhares de pessoas.
A data marca o dia internacional dos direitos Humanos e nos remete a refletir sobre os direitos das mulheres, não somente como direito garantido, mas também sobre a efetivação de seu exercício.

PROGRAMAÇÃO DO CDCM MULHERAÇÃO

 

“16 dias pelo fim da violência contra as Mulheres”

25 de Novembro de 2014
Atividade: Panfletagem pelo fim da Violência contra a mulher
Horário: 10:00 horas  – Local: Estação nova de Trem da CPTM de Guaianases

 

28 de Novembro de 2014
Atividade:
Oficina de Turbante e Roda de conversa sobre a autoestima da Mulher Negra
Palestrante ou Responsável: Coletivo Fayola Odara
Horário: 14 horas – Local: CDCM MulherAção (Rua Luis Lopes Correa, 116 – Guaianases)

03 de Dezembro de 2014
Atividade: Cine Especial 16 dias de ativismo
Filme: História Cruzadas
Palestrante ou Responsável: Equipe do CDCM MulherAção
Horário: 14:00 horas
Local: Biblioteca Cora Coralina (Rua Otelo Augusto Ribeiro, 113 – Guaianases).

 

Seminário Gênero, Raça e Religião – Os Lugares Sociais da Mulher Negra no Brasil.
10 de Dezembro de 2014 as 13h00min
Local: Biblioteca Mário de Andrade
Público alvo: Destinada às mulheres usuárias do serviço, bem como para as (os) trabalhadoras (es) sociais do Instituto Social Santa Lúcia.

Clique aqui e faça a sua inscrição…

 

 

 

 

Contato

Entre em contato conosco através do formulário abaixo: