Atuação Social

PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL

  • Atenção à população em situação de rua por meio da abordagem social, convivência e acolhida de pessoas adultas, mulheres e idosos em situação de rua e em dependência química;
  • Atenção à população em situação de rua por meio da abordagem social e convivência à crianças e adolescentes;
  • Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Ruas;
  • Enfrentamento ao Trabalho Infantil nas Ruas;
  • Atenção ao Idoso em situação de abandono;
  • Acolhimento institucional de adultos em situação de rua.

PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA

  • Trabalho Socioeducativo com crianças, adolescentes e jovens;
  • Atuação junto ao Idoso para envelhecimento saudável;

ÁREAS TRANSVERSAIS E COMPLEMENTARES

  • Educação de Jovens e Adultos;
  • Ações Educativas de fortalecimento da rede pública de educação;
  • Inclusão Digital.
A Cidade de São Paulo

AÇÕES QUE INSPIRAM!

SEAS

As ações de pró-atividade nas abordagens sistemáticas nas ruas se dão com o objetivo de atender crianças, adolescentes, adultos, idosos e famílias em situação de risco pessoal nas ruas e nas diferentes formas de defloramento de direitos básicos que privam os cidadãos das políticas públicas de acesso e que os coloquem em situações de vulnerabilidade ou mesmo de imobilidade social como a permanência nos espaços urbanos de circulação, fazendo desse sua forma de moradia, dentre outras violações como: trabalho infantil, abuso e exploração sexual, drogadição, etc.

PROJETO EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA

O Núcleo Técnico de Projetos e Políticas Públicas atua na elaboração de pesquisas diversas e formação nas áreas de educação formal e informal, o que engloba as iniciativas e execução junto aos projetos sociais do Instituto Social Santa Lúcia. Dentre suas especificidades, estão previstas as supervisões institucionais dos serviços conveniados e a construção de alternativas que viabilizem um melhor desenvolvimento do trabalho junto aos gerentes, técnicos e orientadores socioeducativos de forma a facilitar o acesso ao sistema de garantia de direitos por meio das políticas públicas. Um dos destaques do NTP é o: PROJETO EDUCAÇÃO PARA CIDADANIA.

O PROJETO EDUCAÇÃO PARA CIDADANIA consiste na construção de ações que propiciem a formação e qualificação profissional, a troca de experiências entre os atores que operam a política pública, o pertencimento, o protagonismo e, sobretudo a reflexão a cerca das diversas temáticas sociais e suas implicações na vida prática e cotidiana.  Tais ações se dão através dos serviços conveniados de forma que estes executem, promovam , discutam, viabilizem acesso à informação, problematizem e construam reflexões no intuito de colaborar com a instalação de uma agenda pública que implique na autonomia e empoderamento de seus agentes e demandantes.

O Instituto Social Santa Lúcia passou a promover grandes  iniciativas dentro do Projeto Educação para a Cidadania, foram elas:

A Pluralidade dos Vínculos

SEMINÁRIO:

A PLURALIDADE DOS
VÍNCULOS

Enquanto trabalhadores da Assistência Social somos profissionais do encontro, criando vínculos que podem ser positivos ou não. Entendemos que é impossível pensar o indivíduo dissociado das relações que desenvolve, uma vez que o mesmo está sempre em relação com alguma coisa ou alguém.

É preciso existir o encontro para produzir afetos e criar o vínculo. Não existe vínculo sem relação e não existe relação sem afeto. De acordo com a pratica profissional, a pluralidade de vínculos dá-se de forma distinta, sendo assim: – Como estabelecer vínculos, que dão sentido as nossas vidas e que nos potencializam?

Evento – Região OESTE

Experiências de Trabalho com pessoas consideradas “não passíveis de enquadramento” nos serviços

Durante nossa trajetória no campo da Assistência Social, nos deparamos diariamente com usuários que não acessam e /ou recusam a rede socioassistencial e de saúde. 

A partir deste fenômeno propomos reflexões acerca do trabalho dos Serviços Especializados de Abordagem Social às Pessoas em Situação de Rua, tomando como ponto de partida estes sujeitos que não se enquadram às regras e “perfis” dos serviços, que recusam encaminhamentos ou tiveram restrições em diversos equipamentos da Rede de Proteção Social. 

evento_03

DIÁLOGO SOBRE OS DESAFIOS
DA ABORDAGEM À POPULAÇÃO
EM SITUAÇÃO DE RUA

A abordagem da população em situação de rua nos traz desafios que não podem ser enfrentados de forma isolada. Precisamos de articulação em rede, assim como o envolvimento de outras secretarias, para executar as políticas públicas de forma a promover e a garantir direitos.

Contudo, a garantia de direitos passa pela compreensão de que as pessoas têm especificidades marcadas por questões relacionadas ao gênero e sua identidade, raça, etnia, classe social, mobilidade, faixa etária, orientação sexual, ocupação territorial, utilização de álcool e outras drogas, etc.

evento_01

SEMINÁRIO:

O IMPACTO DA SENSIBILIDADE

NA ESCUTA

A escuta sensível é mais do que ouvir palavras, é também ouvir os sentimentos de quem comunica, seja verbalmente ou não. É a nossa capacidade de conectar nossa humanidade com a humanidade do outro, que naquele momento pode estar latente em determinados sentimentos e emoções.

Esse tipo de escuta aliada a perguntas empáticas nos ajuda a perceber se nossas deduções do que se está comunicando são verdadeiras ou fantasias de nossa mente, evitando que essas deduções desencadeiem de forma precipitada nossas ações e conclusões.

Obrigado por fazer parte
da Nossa História

Linha do Tempo – Instituto Social Santa Lúcia
  • Fundada em 2000, a então Associação de Moradores do Jd Santa Lucia I e Adjacências inicia suas atividades sociais unindo esforços da comunidade local para um futuro melhor. Protagonizou a luta pela urbanização da favela local e o direito de acesso aos serviços e políticas públicas na região do Jardim Ângela, zona sul de São Paulo. O Instituto Social Santa Lúcia tem buscado ser mais atuante e participante nos Fóruns e Conselhos, a Instituição tem estado muito mais presente nas plenárias do Fórum de Assistência Social – FAS SP, nas reuniões ordinárias e extraordinárias do COMAS e das demais atividades que requeiram a participação coletiva na busca de direitos não só dos usuários, como também dos trabalhadores e das organizações para que possamos efetivar uma política de qualidade. Pensando na qualificação dos colaboradores do Instituto, o Núcleo Técnico realiza constantemente eventos de qualificação e integração.

    O caminho percorrido até aqui nos impõe a responsabilidade de fazer a diferença de forma integrada com as demais áreas e parceiros, fazendo do amanhã uma mudança que ainda está por vir: uma sociedade com justiça social e equidade.

    Escritório de Gestão de Projetos Instituto Social Santa Lúcia
  • "Devo dizer que até aqui passamos por muitos desafios e encontramos diversos obstáculos, o que nos fez mais fortes para juntos continuarmos nosso trabalho numa perspectiva da realização de um trabalho mais técnico, acolhedor e humanizado. Nessa longa caminhada cometemos erros e acertos sempre em busca de melhorias, contudo, muitas vezes aguardamos as respostas de fora sem perceber que a resposta em nós mesmos, sobre o que fazemos , sobre o quanto nos comprometemos e sobretudo sobre o quanto nos disponibilizamos, a escutar , a ver e enxergar, a dialogar , a silenciar , a estar com o outro ou ser com ele. Está em nós a vontade de fazer diferente e de fazer a diferença. Parafraseando o autor Daniel Carvalho luz : "Quando não se pode obter o material certo , devemos procurar alternativas. Se não encontrarmos aquilo que procuramos devemos substituir e se não for possível, devemos então improvisar e se ainda assim não for possível devemos inovar! Mas acima de tudo devemos fazer alguma coisa" Não há transformação externa se não houver a disponibilidade para a mudança e a mudança começa em nós.

    Que venham novos desafios e que possamos superá-los."

    Vanessa Ramos Henrique Coordenadora Núcleo de Planejamento Técnico
  • "Para o Instituto e para todos o que compõe essa grande família, é a luz do compromisso social e a fé do nosso trabalho que nutre de vitalidade cada um em seu trabalho cotidiano. No cenário imediato, os objetivos coletivos estão dirigidos para o aprofundamento da inclusão social e do fortalecimento dos laços familiares das pessoas atendidas, e de suas famílias e comunidades. Para tanto, há que multiplicar as formas e processos de participação das comunidades, a integração entre os corpos de profissionais de cada unidade e a interação criativa entre eles. Mas é preciso olhar também para o horizonte. Nessa perspectiva, o Instituto Social Santa Lúcia evidencia um grande potencial. Seus fundamentos são os anos de trajetória firme e coerente e o imenso repertório de experiências e de histórias de vidas."

    O trabalho do Instituto revela seu vigor na multiplicidade de unidades e projetos. Eles mostram os encontros que o Instituto constrói, que abrem os caminhos feitos no seu caminhar.

    "Obrigado por você fazer parte da nossa história"

    Antônio Araújo dos Santos Presidente - ISSL

Escritório de Gestão de Projetos

O Instituto conta com um Escritório de Gestão de Projeto que objetiva organizar a distribuição de trabalho interno de forma setorizada, de modo a fortalecer os processos internos e externos do Instituto, junto aos serviços conveniados com a prefeitura de São Paulo, no que se refere às atividades exercidas pelo mesmo enquanto executor e corresponsável pelas políticas públicas nas áreas de Assistência Social, Educação e Participação.

Endereço

Rua Padre José de Anchieta nº 1088
Santo Amaro – São Paulo – SP

FONE

+55 (11) 5524-5573

Email

contato@santaluciasp.org

Contato

Entre em contato conosco através do formulário abaixo: